Este site utiliza cookies para permitir a mudança de língua e o armazenamento dos seus imóveis favoritos. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Vistos Gold

Gostaria de saber o que é necessário para obter um visto de residência em Portugal? Primeiramente deverá saber que o Golden Visa foi elaborado pelas autoridades portuguesas de forma a atrair investidores estrangeiros, desde que não possuam cidadania num dos países da U.E.

Este visto dará a possibilidade do investidor e respetiva família circular livremente para os países do Espaço Schengen. Após 5 anos, caso tenha mantido os requisitos em dia, o investidor-residente poderá pedir a cidadania portuguesa.

Requisitos necessários para a aquisição do Golden Visa:

  1. Adquirir bens imóveis no valor igual ou superior a 500.000,00€ (quinhentos mil euros), - Deverá adquirir ou prometer adquirir bens imóveis até este valor. Podendo ser em regime de compropriedade (desde que cada um dos comproprietários invista, pelo menos 500.000,00€). No caso de promessa de aquisição de imóvel o sinal pago a título de adiantamento do preço terá de ser, pelo menos, de € 500.000,00.

A partir de dezembro de 2021 esta medida não se aplica para Lisboa, Porto, Algarve e litoral. No entanto, a Ilha da Madeira continua a ser elegível, caso queira investir num imóvel para habitação própria.

  1. Aquisição de bens imóveis, cuja construção tenha sido concluída há, pelo menos, 30 anos ou localizados em área de reabilitação urbana e realização de obras de reabilitação dos bens imóveis adquiridos, no montante global igual ou superior a € 350.000,00 (trezentos e cinquenta mil euros):

O requerente pode ainda:

  • Adquirir através de sociedade unipessoal por quotas de que seja o sócio;
  • Onerá-los, na parte que exceder o montante de 500 mil euros;
  • Dá-los de arrendamento ou para exploração para fins comerciais, agrícolas ou turísticos.

É obrigatório que o requerente deposite o diferencial entre o preço da compra do imóvel e o valor mínimo de investimento exigido – a ser utilizado para pagamento do preço da empreitada – numa conta bancária aberta numa instituição bancária em Portugal e de que seja titular.

  1. Transferência de capitais no montante igual ou superior a €1.500.000,00.
  2. Criação de, pelo menos, 10 postos de trabalho.
  3. Transferência de capitais num montante igual ou superior a €500.000,00 (quinhentos mil euros), destinados à aquisição de unidades de participação em fundos de investimento ou de capital de risco vocacionados para a capitalização de pequenas e médias empresas que, para esse efeito, apresentem o respectivo plano de capitalização e o mesmo se demonstre viável.
  1. Transferência de capitais num montante igual ou superior a €250.000,00 (duzentos e cinquenta mil euros), para aplicação em investimento ou apoio à produção artística, ou à manutenção ou recuperação do património cultural.
  1. Transferência de capitais num montante igual ou superior a €500.000,00 (quinhentos mil euros), para aplicação em atividades de investigação científica desenvolvidas por Instituições públicas ou privadas, integradas no quadro do sistema científico e tecnológico nacional.